January 2015

Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat
        1 2 3
4 5 6 7 8 9 10
11 12 13 14 15 16 17
18 19 20 21 22 23 24
25 26 27 28 29 30 31

Twitter Updates

    follow me on Twitter
    My Photo
    Blog powered by Typepad

    « Today's word is vision. | Main | Challenge or gift? »

    October 18, 2011

    Comments

    Feed You can follow this conversation by subscribing to the comment feed for this post.

    Sni

    O Avesso ne3o e9 somente o avseso, mas o avseso multiplicado pelo contre1rio do avseso, que ne3o tem nome. Com isso quero dizer que o disco, mesmo ne3o tendo sido essa a intene7e3o do artista, consegue realizar uma das mais difedceis proezas das artes: a sedntese. Mais do que isso, esse disco e9 uma sedntese representativa do universo musical da cidade de Brasedlia. Evidentemente que ele ne3o esgota tudo o que existe nesse universo (isso e9 impossedvel), mas conte9m em si o princedpio de onde surge a mfasica genuinamente brasiliense: a mistura. Ne3o falo da simples mistura de gentes diferentes que casualmente se encontram e, digamos, resolvem fazer um som. Falo da mistura mais profunda, de gente que abandona sua terra e vem morar na terra de ningue9m, a terra que ne3o tem passado, mas somente a promessa de um futuro grandioso.Para ce1 vieram forasteiros de todos os cantos do Brasil: Pernambuco, Paraedba, Bahia, Ceare1, Se3o Paulo, Rio de Janeiro, Minas, entre tantos outros. Trouxeram com eles linguagens e bagagens culturais. E misturaram-se. Do mesmo modo como os edndios, negros e portugueses, de onde surgiu uma rica cultura brasileira, que posteriormente se regionalizou, criando culturas nortistas, nordestinas, cariocas, sulistas, que novamente vieram se misturar em Brasedlia. Ou seja, a mfasica de Brasedlia e9 a mistura da mistura, ela e9 brasileira ao quadrado. O disco do Cacai Nunes e9, portanto, brasileiro ao quadrado. Um disco que sf3 poderia surgir de algue9m que ne3o somente ouviu coisas diferentes e pensou que uma mistura talvez ficasse interessante, mas algue9m que tem essa mistura inscrita em seu corpo e alma de mfasico. Portanto, algue9m que vive a mistura e vive da mistura todos os dias, algue9m forjado na mistura. Ne3o quero dizer que tudo o que e9 feito em Brasedlia seja brasileiro ao quadrado; e9 preciso que seja assumida a nossa identidade brasiliense, de mestie7os vira-latas ao quadrado. Isso pode ser simples, mas ne3o e9 fe1cil, pois e9 assumir que nossa identidade surgiu da ninguendade de nossa terra. Nenhum passado bonito para nos amparar, somente incertezas sobre o futuro criado a partir de tradie7f5es roubadas de outros lugares. Ne3o se trata de imitar a mfasica do Nordeste, do Rio, de Se3o Paulo, de Goie1s, e a partir daed dizer que Brasedlia e9 capaz de fazer mfasica de qualidade; mas criar algo a partir do que aqui se vive, sem negar ou esconder absolutamente nada. Essa sinceridade e9, para mim, caracteredstica marcante no disco do Cacai. Obrigado, Cacai, por esse sopro de autenticidade na mfasica de Brasedlia!OBS: sobre outros aspectos do disco, como composie7f5es, arranjos, repertf3rio, etc., algue9m fae7a o favor de comentar.

    The comments to this entry are closed.